Acnur: já são 2 milhões o total de sírios refugiados em nações vizinhas

Ouvir /

Segundo agência da ONU, a cada dia, entre 5 mil e 6 mil pessoas, incluindo crianças, deixam a Síria; António Guterres pede apoio urgente para os países que abrigam os refugiados, como Líbano e Iraque.

Entrada de refugiados sírios no Iraque. Foto: Acnur/G. Gubaeva

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.

O número de sírios forçados a buscar abrigo em outros países passou a marca de 2 millhões nesta terça-feira, segundo o Alto Comissariado da ONU para Refugiados, Acnur.

A agência destaca que somente nos últimos 12 meses, 1,8 milhão de sírios tornaram-se refugiados, uma tendência considerada "alarmante" pelo Acnur.

Calamidade

Em Genebra, o Alto Comissário António Guterres afirmou que a situação na Síria tornou-se uma "calamidade humanitária vergonhosa", levando um sofrimento sem precedentes aos civis.

Falando em inglês, Guterres disse que os reflexos da guerra estão sendo sentidos no Líbano e no Iraque e que "o risco de uma explosão no Oriente Médio cresce a cada dia".

Apoio Urgente

O chefe do Acnur pediu ainda apoio internacional urgente para os países que abrigam os refugiados sírios, incluindo Jordânia e Turquia. Em média, 5 mil civis saem da Síria diariamente e buscam refúgio em nações vizinhas.

Mais da metade dos refugiados são crianças menores de 17 anos de idade.

Nesta quarta-feira, ministros do Iraque, da Jordânia, do Líbano e da Turquia terão um encontro com representantes do Acnur em Genebra para discutir como acelerar a ajuda internacional.

Ajuda

A agência da ONU lembra que esses países têm sofrido impacto econômico devido ao fluxo de refugiados.

O agricultor do Vale do Becá, Salah Saad, contou à Rádio ONU, do Líbano, como os vizinhos estão ajudando os sírios que chegam ao local.

“Dão comida, dão roupas, dão casas pré-fabricadas. Todas as coisas. Quem pode ajudar, ajuda em dinheiro, em roupa. Cada um ajudacomopode. Se eu tivesse um lugar a mais eu daria para abrigar as famílias. Mas são mais de seis famílias (vizinhas) e não tenho lugar.”

Alemanha

Também nesta terça-feira, a Alemanha anunciou que irá conceder asilo temporário a 5 mil sírios que estão refugiados no Líbano. Segundo a Organização Internacional para Migrações, OIM, os civis serão transferidos de Beirute a Hanover pelos próximos 12 meses.

Os refugiados foram identificados pelo Acnur e irão viajar em voos fretados pela OIM.

O primeiro grupo, com mais de 100 sírios, viaja em meados deste mês. Ao chegar na Alemanha, eles irão participar de um programa de orientação cultural e depois, serão abrigados em várias áreas do país.

JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 17 DE ABRIL DE 2014
JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 17 DE ABRIL DE 2014
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

abril 2014
S T Q Q S S D
« mar    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930