Turismo internacional sobe 5% no primeiro semestre de 2013

Ouvir /

Quase 500 milhões de pessoas visitaram outros países; Brasil desaparece da lista das 10 nações que mais gastaram no exterior, mesmo assim compras de turistas brasileiros, fora do Brasil, aumentaram 15% em relação a 2012.

Turismo Internacional. Foto: OMT

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

A Organização Mundial do Turismo anunciou que as viagens internacionais aumentaram 5% no primeiro semestre de 2013. O número representa 494  milhões de pessoas que visitaram outros países entre janeiro e junho deste ano.

As informações constam do relatório Barômetro do Turismo Mundial, que está sendo divulgado na 20ª Assembleia Geral da OMT, que ocorre nas cataratas Victoria Falls, localizada na fronteira da Zâmbia com o Zimbábue.

Expectativas

A diretora de comunicação da OMT, Sandra Carvão, disse em entrevista à Rádio ONU, que o resultado é melhor do que o esperado.

"É um resultado muito bom. É um resultado que está por cima das nossas expectativas do início do ano. As previsões da Organização Mundial do Turismo para o crescimento do turismo internacional, feitas em janeiro, eram de cerca de 3% a 4%"

Carvão disse ainda que a concessão de vistos representa um dos temas de debate na OMT. Segundo ela, a facilitação de vistos pelos países visitados contribui para aumentar a procura e as receitas de turismo.

Gastos

Em relação aos gastos internacionais, os chineses foram os turistas que mais compraram em suas viagens, com um aumento de 31%, seguidos dos russos com uma alta de 22%.

O Brasil ficou fora das 10 primeiras colocações, mesmo assim, houve um aumento de 15% nos gastos dos turistas brasileiros em relação a 2012.

Os gastos foram mais modestos nos mercados tradicionais. Estados Unidos, Grã-Bretanha e Alemanha mantiveram o mesmo nível do ano passado e Austrália, Itália e Japão tiveram um desempenho negativo.

Destinos

O relatório mostrou que o crescimento foi mais forte nos países emergentes, 6%, em comparação aos 4% dos países desenvolvidos. Apesar de a economia global ainda estar sofrendo os efeitos da crise, 25 milhões a mais de pessoas viajaram neste período em relação a 2012.

Os números podem melhorar no segundo semestre. A OMT afirmou que os últimos seis meses do ano geralmente são responsáveis por 55% do total de chegadas de turistas internacionais por ano contra 45% do primeiro semestre.

Hábito

O secretário-geral da OMT, Taleb Rifai, disse que o fato de o turismo internacional ter aumentado acima das expectativas confirma que as viagens, agora, fazem parte do hábito dos consumidores tanto nas economias emergentes como nas desenvolvidas.

Segundo o documento, a Europa, no total, registrou uma alta de 5% no número de turistas internacionais. A região central do continente e o leste europeu comandaram a alta com 10%.

O Oriente Médio reverteu o crescimento negativo dos dois últimos anos e registrou um aumento de 13% do número de visitantes estrangeiros. A região do sul e do leste da Ásia ficaram logo atrás com 12%.

A África manteve o ritmo do ano passado, com uma alta de 4% e o continente americano registrou um leve crescimento de apenas 2% em comparação com os bons desempenhos de anos anteriores.

JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 18 DE SETEMBRO DE 2014
JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 18 DE SETEMBRO DE 2014
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

setembro 2014
S T Q Q S S D
« ago    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930