ONU e parceiros treinam investigadores na AL para combater tráfico humano

Ouvir /

Unodc, OIM e Interpol se unem para acabar com crime que afeta mundo inteiro; encontro está sendo realizado em Buenos Aires, capital da Argentina, até esta sexta-feira.

Unodc, OIM e Interpol se unem para combater tráfico humano.

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

Agências da ONU e parceiros da organização estão realizando um treinamento especial envolvendo dezenas de policiais, promotores e juízes latino-americanos, em Buenos Aires, capital da Argentina.

O objetivo é combater o tráfico humano na América do Sul.

Treinamento

A iniciativa conta com a participação da Organização Internacional para Migrações, OIM, do Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime, Unodc, e da Organização Internacional de Polícia Criminal, Interpol.

O evento, que ocorre até esta sexta-feira, conta ainda com especialistas da OIM da Bolívia, do Equador e da Colômbia.

Segundo as agências que estão coordenando o treinamento, o tráfico humano afeta todos os países sul-americanos. As vítimas, geralmente, são exploradas sexualmente e forçadas a realizar trabalho doméstico.

Elas também são usadas como mão de obra nos setores de agricultura, minério, construção, têxtil e de pesca.

Combate

Os governos da região informaram que estão trabalhando de forma ativa para combater esse tipo de crime.

Anualmente, milhões de migrantes caem nas mãos de criminosos  e são vítimas de trabalho forçado através da violência ou da cobrança de dívidas.

Segundo as autoridades de segurança, os traficantes humanos miram homens, mulheres e crianças em busca de uma vida melhor. Eles enganam as pessoas com ofertas de bons empregos em algum lugar longe de suas casas.

JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 02 DE OUTUBRO DE 2014
JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 02 DE OUTUBRO DE 2014
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

outubro 2014
S T Q Q S S D
« set    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031