Inspetores da ONU devem entregar relatório sobre Síria neste sábado

Ouvir /

Especialistas em armamentos estão visitando áreas afetadas por um suposto ataque químico; eles coletaram amostras, visitaram hospitais e conversaram com sobreviventes e pessoal de saúde.

Ban Ki-moon conversa com jornalistas em Viena. Foto: ONU/Rick Bajornas

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.

Uma equipe de inspetores de armas das Nações Unidas deve entregar um relatório sobre um suposto ataque químico na Síria, neste sábado.

A informação foi dada pelo Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, durante uma visita oficial a Viena, na Áustria. Ban disse que os inspetores terminarão o trabalho nesta sexta-feira e deixarão a Síria na manhã de sábado.

Sincero Desejo

Ban Ki-moon contou que falou com o presidente dos Estados Unidos Barack Obama, por telefone, e discutiu a forma como a ONU e o mundo podem trabalhar juntos neste processo.

Ban disse ainda que expressou a Obama o sincero desejo de que a investigação sobre o suposto uso de armas químicas na Síria continue, como foi mandatada pelos países-membros da ONU. O Secretário-Geral disse que o resultado das investigações e as amostras serão compartilhadas com o Conselho de Segurança e todos os países que integram as Nações Unidas.

Segurança

Na quarta-feira, Ban emitiu uma nota dizendo que os inspetores precisavam de quatro dias para concluir os trabalhos. O grupo liderado pelo sueco, Aka Sellstroem, teve que atrasar as investigações em um dia por falta de segurança.

Eles estão investigando o ataque ocorrido em 21 de agosto nos arredores de Damasco. Segundo agências de notícias, centenas de pessoas morreram, mas membros da oposição síria dizem que o número de mortos pode passar de mil.

Nesta quinta-feira, o Parlamento britânico está realizando uma sessão para debater a situação na Síria, um dia depois de uma reunião de emergência com os cinco membros permanentes do Conselho de Segurança para analisar uma proposta de resolução sobre a violência no país árabe.

O conflito sírio, que começou com manifestações de rua contra o regime do presidente Bashar al-Assad, em março de 2011, já matou mais de 100 mil pessoas.

JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 15 DE ABRIL DE 2014
JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 15 DE ABRIL DE 2014
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

abril 2014
S T Q Q S S D
« mar    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930