Equipe da ONU chega à Europa, para análise de amostras colhidas na Síria

Ouvir /

Trabalhos da missão que investiga possível ataque químico só serão concluídos após resultados dos testes em laboratório; também neste sábado, Secretário-Geral conversou com a chefe de Desarmamento da ONU, que estava na Síria.

Angela Kane e Ban Ki-moon

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.

O Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, encontrou-se neste sábado com a chefe de Desarmamento da organização, Angela Kane, que retornou da Síria.

Na reunião, os dois conversaram sobre o início das análises, em laboratório, das amostras colhidas pela equipe que investiga um alegado ataque químico no país.

Cooperação

Kane teria destacado a Ban Ki-Moon que tanto governo quanto oposição colaboraram com a investigação.

Em Nova York, o porta-voz do Secretário-Geral confirmou a jornalistas que a missão conseguiu reunir informações e material suficientes no terreno.

Segundo Martin Nesirky, a equipe de investigação chegou neste sábado em Haia, na Holanda, e o material colhido será analisado por dois laboratórios na Europa.

Sem Previsão

Não há previsão de quando os resultados ficarão prontos. Mas na reunião com Angela Kane, Ban Ki-moon enfatizou que está sendo feito todo o possível para acelerar o processo.

O porta-voz de Ban reforçou que a missão só irá apresentar uma conclusão sobre a visita à Síria após os resultados dos laboratórios. Nesirky destacou ainda que não cabe ao mandato da equipe investigar de quem foi a autoria do ataque.

Solução Política

Ao ser questionado sobre o que pensa o Secretário-Geral em relação a um possível ataque militar, o porta-voz lembrou que a opinião de Ban Ki-moon continua a mesma: não deve haver outra solução para o fim da guerra civil que não seja uma solução política.

Martin Nesirky também lembrou o trabalho em campo de mais de mil funcionários das Nações Unidas, que fornecem ajuda humanitária aos sírios e garantiu que não há nenhum plano de evacuar essas equipes.

Neste domingo, o Secretário-Geral da ONU irá conversar por telefone com o chefe  da investigação, Ake Sellström, para saber os detalhes da missão.

A equipe liderada por Sellström avalia se foram realmente usadas substâncias químicas em um ataque ocorrido na Síria no dia 21 de agosto, que matou centenas de civis.

JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 22 DE OUTUBRO DE 2014
JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 22 DE OUTUBRO DE 2014
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

outubro 2014
S T Q Q S S D
« set    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031