Eleições presidenciais no Mali transcorrem sem incidentes graves

Ouvir /

Missão da ONU no país acompanhou a votação fornecendo apoio técnico, logístico e de segurança; fortes chuvas dificultaram as operações em algumas regiões.

Votação em várias regiões. Foto: Minusma/Marco Dormino

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

O segundo turno das eleições presidenciais no Mali transcorreram sem nenhum incidente mais grave, neste domingo.

A informação foi dada pela Missão da ONU no país, Minusma, encarregada de fornecer apoio técnico, logístico e de segurança às autoridades malinesas.

Chuva

Segundo a Missão das Nações Unidas, as fortes chuvas dificultaram as operações de votação em várias regiões.

A ONU também está ajudando as autoridades do Mali a trazer de volta, por avião, as folhas com os resultados dos pleitos realizados nas cidades de Gao, Tombouctou e Kidal.

Visita

Neste domingo, o representante especial do Secretário-Geral, Bert Koenders, visitou a região de Kidal, acompanhado de observadores da União Europeia, da União Africana e da União Econômica dos Estados da África Ocidental, Ecowas.

Eles foram a várias zonas eleitorais em Kidal, como também em Mopti e em Bamako, a capital.

Segundo as agências de notícias, o resultado final deve ser divulgado até sexta-feira. O ex-primeiro-ministro do país, Ibrahim Boubacar Keita, que recebeu 40% dos votos no primeiro turno em Julho, enfrentou, o ex-ministro das Finanças, Soumaila Cisse, que ficou com 19,7% dos votos também na primeira fase.

JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 16 DE ABRIL DE 2014
JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 16 DE ABRIL DE 2014
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

abril 2014
S T Q Q S S D
« mar    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930