Aiea considera grave fuga de água contaminada em Fukushima

Ouvir /

Nota da agência manifesta prontidão em prestar assistência, caso venha a ser solicitada; nota confirma que desenvolvimentos continuam a ser acompanhados por especialistas da entidade da ONU.

Inspetores da Aiea em Fukushima.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

A Agência Internacional de Energia Atómica, Aiea, considerou séria a fuga de água radioativa na central nuclear de Fukushima, no Japão. O vazamento foi anunciado esta semana.

Em nota, emitida esta quinta-feira, a entidade manifesta a sua prontidão para dar assistência, caso seja solicitada para o efeito pelas autoridades japonesas.

Alerta

A Aiea disse estar a par da intenção de elevação do nível de alerta para três pelo Japão, devido à fuga de água de contaminada na central nuclear, decisão que segundo as agências noticiosas já foi tomada. As instalações sofreram explosões, após o terramoto e o tsunami de março de 2011.

A agência revelou ainda que os seus especialistas acompanham a questão de perto, além de obter informações sobre a central através das autoridades japonesas.

Escala

Estima-se que 300 toneladas de água contaminada com níveis considerados perigosamente elevados de radiação tenham sido derramadas dos reservatórios de Fukushima.

A Escala Internacional de Eventos Nucleares vai de zero a sete. De acordo com agências noticiosas, a fuga foi detetada pela empresa responsável pela central, a Tepco.

JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 26 DE DEZEMBRO DE 2014
JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 26 DE DEZEMBRO DE 2014
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2014
S T Q Q S S D
« nov    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031