Adiada investigação sobre uso de armas químicas na Síria

Ouvir /

Decisão foi tomada após ataque a comboio da ONU na segunda-feira; visita a local foi adiada em um dia e espera-se confirmação de acesso à área.

Civis na Síria

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.

A equipe das Nações Unidas que investiga o uso alegado de armas químicas na Síria iria visitar um outro local próximo a Damasco nesta terça-feira. Mas após o ataque a um comboio da ONU na segunda-feira, a visita foi adiada em um dia.

A decisão foi tomada com o objetivo de melhorar os preparativos e a segurança para a equipe, liderada pelo professor Ake Sellström. Na segunda-feira, a equipe conseguiu visitar um dos locais do suposto ataque químico.

Acesso

Devido às complexidades do novo local a ser visitado, ainda não foi obtida confirmação de acesso, mas os investigadores esperam ter a autorização até o fim do dia.

O Secretário-Geral da ONU, apelou novamente a todos os lados em conflito na Síria para dar acesso seguro à equipe de investigação. Ban Ki-moon lembra "ser de interesse de todos que se alcancem as provas do que ocorreu e a clareza da situação que levou grande sofrimento ao povo sírio".

Nova Conferência

O ataque com uso alegado de armas químicas ocorreu em 21 de agosto e matou centenas de civis, incluindo crianças.

Já o representante especial das Nações Unidas e da Liga Árabe para a Síria afirma que a situação no país está cada vez mais "insustentável" e pediu aos dois lados, governo e oposição, que negociem uma solução política.

Lakhdar Brahimi espera que a ONU, Estados Unidos e Rússia cheguem a um acordo sobre os detalhes de uma segunda rodada para a Conferência de Paz para a Síria.

A primeira conferência ocorreu em Genebra, em junho do ano passado.

JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 26 DE NOVEMBRO DE 2014
JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 26 DE NOVEMBRO DE 2014
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

novembro 2014
S T Q Q S S D
« out    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930