Unicef: 2 mil crianças estão sendo usadas em conflito na RD Congo

Ouvir /

Fundo da ONU está preocupado com menores na linha de fogo dos combates na província de Kivu Norte desde a retomada dos confrontos entre forças congolesas e grupos armados incluindo o M23.

Unicef quer libertação de todos os menores

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.

O Fundo das Nações Unidas para a Infância, Unicef, manifestou preocupação com a situação de crianças na República Democrática do Congo desde a retomada dos combates entre forças do governo e grupos armados.

Em comunicado, o Unicef informou que está recebendo relatos de crianças mortas e feridas em confrontos de rebeldes armados incluindo os grupos M23 e o ADF-Nalu com soldados congoleses, na província de Kivu Norte, no leste do país.

Recrutamento

Segundo o Unicef, cerca de 2 mil crianças estão sendo usadas por grupos armados em Kivu Norte. A representante do Fundo na RD Congo, Barbara Bentein, lembrou que o recrutamento de menores de 18 anos para grupos armados e forças armadas é crime, de acordo com leis congolesas e internacionais.

Ela disse ainda que as crianças têm que ser protegidas de todas as partes do conflito incluindo civis.

A represantante do Unicef pediu que todos os menores sejam libertados imediatamente. Desde janeiro deste ano, o Unicef e seus parceiros estão apoiando ações de desmobilização e reintegração de 1,7 mil crianças, que estavam pegando em armas, mas que deixaram as fileiras de conflitos.

 

 

 

 

JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 19 DE DEZEMBRO DE 2014
JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 19 DE DEZEMBRO DE 2014
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2014
S T Q Q S S D
« nov    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031