ONU preocupada com escalada da violência na Líbia

Ouvir /

Organização renova apelo por diálogo nacional inclusivo; Missão de apoio ao país condena atos de violência em várias áreas de Trípoli e Bengazi.

Foto: Unsmil

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.

A Missão de Apoio das Nações Unidas na Líbia, Unsmil, está condenando "nos termos mais fortes" os atos de violência em diversas áreas da capital, Trípoli e de Bengazi.

Agências de notícias relatam que nos últimos dias ocorreram explosões em frente a prédios do Ministério da Justiça; mais de 1,2 mil prisioneiros escaparam da cadeia e prédios da Irmandade Muçulmana foram atacados, após a morte de um ativista político.

Desafios da Segurança

A missão expressa "grave preocupação" com a deterioração da segurança e do aumento da violência, que tem como alvo ativistas políticos, instituições judiciárias, missões diplomáticas, policiais e integrantes do exército, além de instalações do Estado.

A Unsmil pede às autoridades nacionais para intensificar esforços para melhorar os desafios de segurança e também faz um apelo a todos os líbios, homens e mulheres, para se unirem e enfrentarem os riscos que ameaçam sua segurança e a estabilidade do país.

Segundo a missão, é urgente o diálogo nacional inclusivo e que líderes políticos, revolucionários e sociedade civil ajam em prol desse diálogo o quanto antes e criem uma visão comum e um consenso sobre os desafios da Líbia.

 

 

 

JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 29 DE SETEMBRO DE 2014
JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 29 DE SETEMBRO DE 2014
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

setembro 2014
S T Q Q S S D
« ago    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930