ONU despacha equipe a áreas afetadas por cheias na Coreia do Norte

Ouvir /

Cerca de 80% do centro urbano da cidade de Anju estão inundados; Cruz Vermelha diz que mil hectares de terra cultivável foram destruídos.

 

Cheias deixaram 45 mil desalojados

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova York.*

As Nações Unidas anunciaram o envio de uma equipe à Coreia do Norte para avaliar áreas mais afetadas pelas cheias na cidade de Anju, ao sul da capital do país Pyongyang.

As enchentes deixaram 45 mil desalojados e causaram a morte de pelo menos oito pessoas, mas há relatos não confirmados de que o número de mortos pode passar de 20. Até o momento, 14 pessoas estão desaparecidas.

Primeiras Horas

A Cruz Vermelha Internacional informou que 80% do centro urbano estão inundados após desabamentos e o transbordamento do rio Chongchon nas primeiras horas de segunda-feira.

As rodovias de acesso à cidade norte-coreana também foram interditadas, assim como as linhas telefônicas e parte do sistema de abastecimento, que foi danificado.

Dados oficiais sugerem que as enchentes causaram danos graves a edifícios e a serviços de infraestrutura da cidade de Anju.

Abrigos Temporários

Cerca de 10 mil hectares de terra estão debaixo d'água e outros mil hectares de áreas cultiváveis foram completamente destruídos.

O governo norte-coreano informou que está distribuindo água potável, alimentos e remédios. Voluntários estão realizando trabalhos de evacuação, resgate e levando as vítimas para abrigos temporários.

A boa notícia vem do Serviço de Meteorologia que prevê bom tempo para o sul da Coreia do Norte, nos próximos dias.

*Apresentação: Mônica Villela Grayley.

JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 31 DE OUTUBRO DE 2014
JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 31 DE OUTUBRO DE 2014
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

outubro 2014
S T Q Q S S D
« set    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031