Ban muito preocupado com aumento dos conflitos em Homs, na Síria

Ouvir /

Cerca de 2,5 mil civis não conseguem sair da cidade síria e Secretário-Geral ressalta importância da chegada de ajuda humanitária ao local; chefe da ONU pede fim do fornecimento de armas aos envolvidos nos confrontos.

Ban Ki-moon

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York. 

O Secretário-Geral das Nações Unidas está acompanhando com muita preocupação a escalada do conflito na Síria, em particular a situação em Homs, onde combates pesados têm sido travados nos últimos dias.

Em nota divulgada por seu porta-voz nesta terça-feira, Ban Ki-moon pede a todos os lados em conflito que façam o máximo para evitar a morte de civis e que permitam o acesso imediato de ajuda humanitária na região.

Saída

A ONU calcula que 2,5 mil civis estejam presos em Homs, sem conseguir sair da cidade. Ban quer também que a população tenha a oportunidade de deixar o local sem medo de perseguição.

O Secretário-Geral lembra a todos os combatentes sírios de suas obrigações sob a lei internacional e destaca que os responsáveis por qualquer atrocidade serão julgados.

Ban também está preocupado com ameaças de tomada de duas vilas xiitas no norte da província de Alepo. O chefe da ONU pede mais uma vez o fim do fornecimento de armas para todos os lados que estão em conflito na Síria.

Ban Ki-moon também apela para que o foco seja a busca de uma solução política, que segundo ele, continua sendo a única saída para a tragédia síria.

 

 

 

JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 21 DE JULHO DE 2014
JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 21 DE JULHO DE 2014
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

julho 2014
S T Q Q S S D
« jun    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031