Aiea quer maior cooperação internacional para melhorar segurança nuclear

Ouvir /

Conferência internacional sobre o tema segue até sexta-feira; chefe da agência, Yukiya Amano destaca que "ameação do terrorismo nuclear é real".

Yukiya Amano. Foto: Aiea/D. Calma

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York. 

Para o chefe da Agência Internacional de Energia Atômica, Aiea, os países deveriam reforçar a cooperação internacional para prevenir o desuso de materiais radioativos e nucleares.

Yukiya Amano falou na abertura da Conferência Internacional sobre Segurança Nuclear, em Viena, na Áustria. O encontro reúne mais de 1,3 mil participantes de 123 países até sexta-feira.

Vulnerabilidades

Segundo o chefe da Aiea, "a ameaça do terrorismo nuclear é real e o sistema global de segurança nuclear precisa ser reforçado."

Yukiya Amano disse que criminosos terroristas vão tentar explorar qualquer vulnerabilidade no sistema. E qualquer país, de qualquer parte do mundo, pode ser alvo de um ataque.

Declaração

Para o diretor da agência da ONU, os governos nacionais têm a responsabilidade primária de garantir a segurança nuclear.

Na abertura da conferência, na segunda-feira, foi adotada uma Declaração Ministerial que vai de encontro com as preocupações de Amano.

No documento, o primeiro do tipo sobre segurança nuclear, os participantes pedem mais ação contra o terrorismo nuclear e notam a importância da cooperação global na área.

JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 23 DE ABRIL DE 2014
JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 23 DE ABRIL DE 2014
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

abril 2014
S T Q Q S S D
« mar    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930