Entrevista: Batalha contra excisão na Guiné-Bissau

Ouvir /

Vítima de Mutilacao Genital Feminina. Foto: Unicef

Em plena época de preparação de algumas comunidades guineenses para realizar a mutilação genital feminina, a encarregada de Programas no Fundo da ONU para a População, Unfpa, no país aborda o tema.

Cândida Lopes reafirma a continuação do apoio às autoridades e à sociedade civil guineenses para melhorar a ação contra a prática.

Ao lado do Senegal, a nação de língua portuguesa é citada num estudo publicando recentemente pelo fato de não estar a reduzir o número de raparigas que manifestam o desejo de ver o fim da mutilação genital.

A encarregada fala da abordagem que inclui registar as meninas, estimular a cuidar da sua saúde sexual e melhorar a formação. A medida já está estaria a dar resultados ao fazer compreender os motivos para que seja abandonada.

Nesta conversa, de Bissau, a representante revela também que  várias mulheres que já foram excisadas ou as fanatecas, que fazem o corte, passam a desencorajar a prática nas comunidades.

Acompanhe a entrevista a Eleutério Guevane.

Tempo total: 6'24''.

Parte 1 Ouvir / Parte 2 Ouvir /
JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 17 DE ABRIL DE 2014
JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 17 DE ABRIL DE 2014
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

abril 2014
S T Q Q S S D
« mar    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930