Unesco treina jornalistas que investigam crime organizado

Ouvir /

Profissionais da Colômbia, Equador e Venezuela aprenderam mecanismos de autodefesa; eles também receberam informações sobre técnicas de investigação específicas para cobertura do tráfico de drogas.

Foto: Unesco

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

A Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura, Unesco, está treinando jornalistas latino-americanos sobre como realizar reportagens investigativas do tráfico de drogas e do crime organizado.

Foram selecionados 17 profissionais da Colômbia, Equador e Venezuela. O workshop, coordenado também pela Fundação para um Novo Jornalismo, ensinou mecanismos de autodefesa e técnicas de investigação específicas para esse tipo de cobertura.

Segurança

Os jornalistas aprenderam como lidar com fontes confidenciais para não revelar fatos que possam colocar em risco a segurança dessas pessoas.

Como resultado do treinamento, seis reportagens investigativas produzidas pelo grupo foram publicadas por vários meios de comunicação importantes da Colômbia, como a revista "Semana" e o jornal "La Verdad".

Entre os professores estão profissionais latino-americanos, especialistas nos dois assuntos e também jornalistas internacionais que cobrem tanto o crime organizado como o tráfico de drogas pelo mundo.

O projeto coordenado pela Unesco segue o Plano de Ação da ONU sobre a Segurança do Jornalista e a questão da impunidade.

JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 17 DE ABRIL DE 2014
JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 17 DE ABRIL DE 2014
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

abril 2014
S T Q Q S S D
« mar    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930