Sob risco de crise síria se espalhar, alto comissário pede apoio para Líbano

Ouvir /

António Guterres disse que perigo está se tornando uma "dura realidade", que deve ser encarada; ele participou de lançamento de apelo de US$ 1,7 bilhão para o Líbano.

António Guterres

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.

O alto comissário das Nações Unidas para Refugiados encontrou-se nesta terça-feira com líderes e refugiados no Líbano. A visita é parte de uma viagem oficial à região para comemorar o Dia Mundial dos Refugiados, neste 20 de junho.

António Guterres pediu apoio para o Líbano caso a crise síria atravesse a fronteira com o país; Segundo ele, a possibilidade de o conflito sírio se espalhar já está se tornando uma "dura realidade", que deve ser evitada para prevenir que "a guerra chegue ao Oriente Médio."

Lançamento

Guterres participou do lançamento de um apelo de US$ 1,7 bilhão, o equivalente a mais de R$ 3,4 bilhões, o maior já feito para o país. O primeiro-ministro libanês, Najib Mikati, também estava no encontro.

A quantia integra o Plano de Resposta Regional da Síria. A ONU estima que com o aumento da violência, até o fim do ano, o Líbano deverá receber mais de 1 milhão de sírios.

Demanda

O alto comissário disse que o "Líbano é um país pequeno, mas de coração grande" porque todos bairros e vilarejos libaneses estão abrigando um refugiado sírio neste momento.

O ministro de Assuntos Sociais do Líbano, Wael Abou Faour, disse que o país não tem como lidar com esta demanda, e que a estabilidade libanesa está em jogo.

Ainda em Beirute, António Guterres se reuniu como o presidente libanês, Michel Sleiman. Ele deve continuar o giro pelo Oriente Médio com uma viagem à Jordânia nestas quarta e quinta-feiras.

JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 22 DE AGOSTO DE 2014
JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 22 DE AGOSTO DE 2014
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

agosto 2014
S T Q Q S S D
« jul    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031