ONU busca mais tropas para Colinas de Golã após retirada da Áustria

Ouvir /

País europeu anunciou saída de seus soldados de paz após incidente que feriu dois boinas-azuis, nesta quinta-feira, em posto na fronteira da Síria com Israel; austríacos são os maiores contribuintes de tropas na Missão.

Martin Nesirky Foto: ONU/Paulo Filgueiras

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova York.*

As Nações Unidas estão à procura de países doadores de tropas para sua Força Observadora nas Colinas de Golã, Undof. O anúncio foi feito pelo porta-voz de Ban Ki-moon, nesta quinta-feira, logo após a Áustria, o maior contribuinte de soldados de paz no local, ter anunciado que vai retirar seus boinas-azuis da área.

Segundo a ONU, a Áustria tem 377 dos 911 soldados de paz da Undof. Outros dois contribuintes são as Filipinas e a Índia.

Grupos da Oposição

A Áustria fez o anúncio logo após um incidente no posto da fronteira entre Israel e Síria que deixou dois boinas-azuis feridos, nesta quinta-feira. Segundo agências de notícias, rebeldes sírios teriam invadido o posto, no cruzamento de Quneitra. A Undof foi criada em 1974 para monitorar o acordo entre Síria e Israel.

O porta-voz de Ban, Martin Nesirky, contou que após a invasão do posto, houve troca de tiros entre forças da Síria e os rebeldes.

Ban Ki-moon condenou o ataque. Segundo ele, qualquer atividade militar na área de separação leva ao aumento das tensões entre Israel e Síria e ameaça o cessar-fogo.

O Secretário-Geral disse que está tentando encontrar, com urgência, outros doadores de tropas para a força da ONU nas Colinas de Golã.

Segundo o governo austríaco, o nível dos riscos no local se tornou "inaceitável". 

*Apresentação: Mônica Villela Grayley.

JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 24 DE ABRIL DE 2014
JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 24 DE ABRIL DE 2014
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

abril 2014
S T Q Q S S D
« mar    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930