Ofensiva de governo a extremistas na Nigéria desloca 6 mil pessoas

Ouvir /

Tropas do país apertaram cerco a integrantes do grupo islâmico, Boko Haram; Acnur disse que ofensiva levou famílias a viver sob árvores para escapar da violência.

Civis na Nigéria

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova York.* 

O Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados, Acnur, informou que mais de 6 mil pessoas fugiram da Nigéria para os países vizinhos por causa de uma ofensiva do governo a rebeldes islâmicos.

O grupo Boko Haram tem cometido vários ataques, especialmente a cristãos e igrejas, na Nigéria. De acordo com o Acnur, os nigerianos que estão tentado escapar dos combates são, na maioria, mulheres, crianças e idosos da região de Baga, que fica perto da fronteira com o Níger.

Água

O porta-voz do Acnur, Adrian Edwards, informou que está ocorrendo uma pressão por acesso a água e alimentos no Níger, para onde foge a maioria dos nigerianos.

Segundo Edwards, a situação está agravando a questão do aumento do preço de matérias primas e da própria insegurança alimentar, que estava ocorrendo antes da crise.

O porta-voz do Acnur contou que muitas famílias que não têm aonde ir, passaram a viver debaixo de árvores para escapar da violência. Alguns conseguem ser abrigados pelas famílias do Níger. No momento, o país vizinho acomoda mais de 2,6 mil nigerianos e 3,6 mil pessoas de outras nações.

Acesso

Além do Níger, os nigerianos também estão fugindo para Camarões e Chade.

A atual ofensiva ao grupo islâmico Boko Haram começou há três semanas, após uma ordem do presidente da Nigéria, Goodluck Jonathan. Ele declarou emergência nos estados de de Borno, Yobo e Adamawa.

A insegurança está impedindo o acesso de agências humanitárias aos locais, além disso bandidos armados também estão ameaçando o trabalho de assistência em vários estados da Nigéria.

*Apresentação: Mônica Villela Grayley.

JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 24 DE OUTUBRO DE 2014
JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 24 DE OUTUBRO DE 2014
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

outubro 2014
S T Q Q S S D
« set    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031