Ban pede aos países que apoiem jovens empreendedores

Ouvir /

Secretário-Geral afirmou que eles serão responsáveis pela criação de empregos e soluções inovadoras no futuro; declaração foi feita no Debate Temático sobre Empreendedorismo para o Desenvolvimento.

Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon e presidente da Assembleia Geral, Vuk Jeremic. Foto: ONU

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

O Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, pediu aos países que apoiem os jovens empreendedores.

Segundo as Nações Unidas, o suporte aos novos empresários é essencial para lidar com os principais desafios mundiais e também para lançar uma nova era de engajamento global.

Desemprego

Ban disse aos participantes do Debate Temático sobre Empreendedorismo para o Desenvolvimento que 73 milhões de jovens vão ficar desempregados, só neste ano.

Entre 2016 e 2030, calcula-se que 425 milhões de jovens, homens e mulheres, entrarão no mercado de trabalho. Isso significa, segundo o chefe da ONU, que o mundo vai precisar criar quase meio bilhão de empregos para eles.

O Secretário-Geral afirmou que os países devem focalizar não somente em criar melhores condições para os novos empreendedores, mas também investir em educação.

Linha de Frente

O presidente da Assembleia Geral, Vuk Jeremic, afirmou que os jovens empresários devem ser encorajados a ficar na linha de frente das mudanças socioeconômicas, em serviço pelo desenvolvimento sustentável.

Jeremic disse que eles, geralmente, são os que estão mais bem colocados para dar o passo inicial que irá romper o ciclo de pobreza em suas regiões.

Para o presidente da Assembleia Geral, os novos empreendedores vão ter condições de contribuir para a agenda de desenvolvimento da ONU, pós-2015.

JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 22 DE AGOSTO DE 2014
JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 22 DE AGOSTO DE 2014
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

agosto 2014
S T Q Q S S D
« jul    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031