Angelina Jolie: resposta à crise síria está aquém da tragédia humana

Ouvir /

Atriz fez a declaração durante visita a refugiados sírios abrigados na Jordânia; ela deve passar o Dia Mundial dos Refugiados na área conversando com homens, mulheres e crianças que escaparam da violência na Síria.

Angelina Jolie. Foto: Acnur.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova York.*

A atriz de Holywood, Angelina Jolie, afirmou que a resposta que o mundo está dando à crise na Síria está muito longe de atender o que se tornou uma tragédia humana.

Jolie fez a declaração, nesta quarta-feira, durante uma viagem à Jordânia, onde ela deve passar o Dia Mundial dos Refugiados, marcado nesta quinta, 20 de junho.

Acampamento

A atriz está sendo acompanhada pelo alto comissário da ONU para refugiados, António Guterres. Eles estão mantendo reuniões com autoridades jordanianas e sírios que vivem no acampamento de Zaatari, o  maior da Jordânia.

Segundo a agência da ONU para Refugiados, Acnur, alguns dos encontros da atriz ocorreram ao mesmo tempo em que áreas próximas à fronteira com a Síria eram bombardeadas.

Pelo menos 1,6 milhão de pessoas fugiram da Síria desde o início dos combates entre tropas do governo e opositores. Cerca de 93 mil pessoas já morreram.

Piores Crises

Angelina Jolie, que é embaixadora da Boa Vontade do Acnur, contou que quer demonstrar apoio aos refugiados sírios e pedir ao mundo que resolva a situação.

A atriz disse que a violência na Síria causou uma das piores crises humanitárias do século 21, no Oriente Médio. Ela voltou a pedir uma solução política para o conflito.

*Apresentação: Mônica Villela Grayley.

JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 17 DE ABRIL DE 2014
JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 17 DE ABRIL DE 2014
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

abril 2014
S T Q Q S S D
« mar    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930