Agências oferecem apoio psíquico para sírios afetados por conflitos

Ouvir /

Outros problemas de saúde como doenças contagiosas e problemas mentais estão afetando refugiados, principalmente mulheres e crianças.

Família síria no acampamento de Zataari. Foto: Acnur/S. Rich

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova York.*

Várias agências e fundos das Nações Unidas informaram que estão oferecendo apoio às saúdes física e mental das vítimas do conflito na Síria.

O Unicef informou que mais de 4 milhões de crianças estão sob risco de contrair doenças contagiosas como a diarreia por causa das precárias condições de água e saneamento básico.

Verão

A situação está se tornando ainda mais grave nos acampamentos de refugiados com a chegada do verão, nesta sexta-feira. O Unicef está contando com a estrutura de novos geradores de energia e sistemas de água para evitar o alastramento de doenças.

Um outro problema é a situação psíquica das vítimas. Muitos sírios estão enfrentando sentimentos de raiva, medo e incerteza, além de desorientação. A Organização Internacional para Migrações, OIM, informou que iniciará um programa de apoio psicossocial com a ajuda da Itália no valor de € 1,5 milhão, equivalentes a cerca de R$ 4,5 milhões.

Escola

Já a Agência de Assistência a Refugiados Palestinos, Unrwa, chamou a atenção para a demora no atendimento médico a feridos pelo conflito na Síria. O acesso às vítimas também está sendo dificultado por causa dos combates.

A Unrwa citou o caso de cinco palestinos mortos durante um ataque a uma escola para refugiados. As vítimas foram atingidas pela explosão de uma bomba, mas o socorro só chegou no dia seguinte. Pelo menos 11 pessoas ficaram feridas no atentado, a maioria mulheres e crianças.

*Apresentação: Mônica Villela Grayley.

JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 15 DE ABRIL DE 2014
JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 15 DE ABRIL DE 2014
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

abril 2014
S T Q Q S S D
« mar    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930