Unesco testa método de educadora brasileira em escolas do Rio

Ouvir /

Yvonne Bezerra de Mello, doutora em Educação pela Sorbonne, desenvolveu proposta para "desbloquear" aspectos que impedem facilidade no ensino para alunos e professores.

Yvonne Bezerra de Mello. Foto: arquivo pessoal

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.

A Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura, Unesco, está apostando num método alternativo de ensino para melhorar a qualidade do aprendizado em pelo menos 15 escolas do Rio de Janeiro.

O método Uerê-Mello, criado pela educadora Yvonne Bezerra de Mello, está sendo aplicado há vários anos em trabalhos educativos com crianças carentes.

Escola Modelo

Já testado pela Prefeitura do Rio de Janeiro, o método foi incorporado a um projeto maior agora coordenado pela Unesco, como contou à Rádio ONU, do Rio, Yvonne Bezerra de Mello.

"Eu tenho este ano 15 escolas. A minha missão é em um ano melhorar a cognição e o desenvolvimento das crianças e das escolas como um todo. Eu escrevi uma pedagogia de ensino, chamada pedagogia Uerê-Mello, que tem um sucesso de 90% do desbloqueio de crianças e de qualificação de professores, e foi por isso que o governo do Rio de Janeiro me chamou há quatro anos. Eu tenho esta escola modelo, no Rio de Janeiro, com 430 alunos, onde eu posso provar que, independentemente de onde essas crianças estejam, elas podem aprender se tiverem o método certo, e o método certo não é a escola tradicional."

Oralidade

Segundo Yvonne Bezerra de Mello, a escola tradicional ainda está baseada "numa pedagogia antiga, mais voltada para repetição e cópia do que desenvolvimento da oralidade, por exemplo."

A partir do trabalho com a Unesco, ela pretende chamar a atenção para a importância da formação de alunos como seres que interagem com a sociedade e que se preparam para lidar com os desafios do presente e do futuro.

Yvonne Bezerra de Mello alertou sobre o que ela chamou de "uso em excesso da internet e de mídias sociais", que levam ao isolamento das crianças.

Após terminar o doutorado em educação, na França, Yvonne Bezerra de Mello voltou ao Brasil para se dedicar à recuperação de meninos e meninas de ruas além de levar oportunidades de ensino e formação a crianças carentes.

JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 19 DE DEZEMBRO DE 2014
JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 19 DE DEZEMBRO DE 2014
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2014
S T Q Q S S D
« nov    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031