ONU parabeniza Paquistão por realização de eleições diretas

Ouvir /

Votação nacional foi encerrada no sábado; é a primeira transição entre dois governos civis da história do país asiático.

Ban Ki-moon

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.

As Nações Unidas parabenizaram o povo e o governo do Paquistão por realizarem "com sucesso" as eleições nacionais e distritais do país.

Em nota, o Secretário-Geral da ONU lembrou que é a primeira vez na história do Paquistão que a transição política acontece entre dois governos civis.

Participação das Mulheres

Para Ban Ki-moon, as eleições são mais um passo importante em direção à  democracia paquistanesa.

Ele destacou também a participação de milhões de eleitores jovens e dos que votaram pela primeira vez. E elogiou ainda o papel das eleitoras no pleito, mas expressou pesar pelo fato de, em algumas áreas, as mulheres tenham sido proibidas de votar.

Segundo agências de notícias, o ex-primeiro-ministro paquistanês, Nawaz Sharif, da Liga Muçulmana do Paquistão, teria declarado vitória, e já estaria em conversações e negociações para formar um governo.

Insegurança

 

O Secretário-Geral da ONU disse que ao exercer o direito ao voto, os paquistaneses reafirmaram o compromisso que têm com um país democrático, além do respeito à Constituição.

 

Ele encerrou a nota dizendo que a coragem e a determinação dos partidos políticos e do pessoal que trabalhou na eleição, apesar da insegurança, são dignas de aplauso. E voltou a dizer que as Nações Unidas estão à disposição do país.

 

JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 27 DE AGOSTO DE 2014
JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 27 DE AGOSTO DE 2014
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

agosto 2014
S T Q Q S S D
« jul    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031