OMS recebe a confirmação de 26 mortes por gripe aviária na China

Ouvir /

Agência da ONU foi notificada nesta quinta-feira sobre mais dois novos casos, subindo para 128 o número de pessoas infectadas com o vírus H7N9; continuam as investigações sobre origem da infecção.

Origem do vírus ainda desconhecida

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York. 

A Comissão Nacional de Saúde da China notificou a Organização Mundial da Saúde sobre dois novos casos de infecção com o vírus H7N9. Testes de laboratório confirmaram a presença do novo tipo de gripe aviária em um homem de 58 anos na província de Fujian e em outro, de 69 anos, da província de Hunan.

Segundo a OMS, sobe para 128 o total de casos de infecção humana com o vírus. A China notificou a agência da ONU sobre 26 mortes até o momento. Autoridades continuam implementando medidas de prevenção e controle nas localidades afetadas.

Origem

A OMS afirma que continuam as investigações sobre a origem do vírus e são esperadas novas infecções até que a fonte do H7N9 seja identificada e controlada.

A agência ressalta que não existem evidências de transmissão entre humanos e lembra que não é necessário nenhum tipo de restrição a viagens ou ao comércio.

JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 23 DE JULHO DE 2014
JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 23 DE JULHO DE 2014
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

julho 2014
S T Q Q S S D
« jun    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031