Número de mortos no Iraque em abril é o mais alto desde 2008

Ouvir /

Unami informou que 712 pessoas perderam a vida em atos de terrorismo ou violência em todo o país; Bagdá foi a região mais atingida.

Iraque / Foto: Arquivo Irin

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

A Missão de Assistência da ONU no Iraque, Unami, informou, esta quinta-feira, que atos de terrorismo e de violência mataram 712 pessoas no país, em abril.

Segundo a Unami, esse é o maior nível desde junho de 2008. O número de feridos também foi alto no mês passado, chegou a 1,633 mil.

Ataques

As agências de notícias informaram que a onda de atentados que começou há 15 dias, matou mais de 200 pessoas.

Nesta quarta-feira, 12 morreram em ataques a bomba em Bagdá e Fallujah.

Civis

A Unami disse que os civis foram os mais atingidos pela violência no Iraque, com 595 mortos. As Forças de Segurança iraquianas perderam 117 soldados nos ataques.

Em relação aos feridos, mais uma vez, os civis foram maioria com 1,438 mil. Entre os militares, 195 ficaram feridos.

A Missão da ONU informou ainda que Bagdá foi a região que mais sofreu com a violência das duas últimas semanas.

Diálogo

Nesta quarta-feira, o Secretário-Geral da ONU pediu aos iraquianos que iniciem um diálogo para superar a crise.

Ban Ki-moon disse que está muito preocupado com o aumento da violência que já deixou muitos mortos e centenas de feridos por todo o país.

JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 17 DE DEZEMBRO DE 2014
JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 17 DE DEZEMBRO DE 2014
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2014
S T Q Q S S D
« nov    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031