Nova agenda de desenvolvimento deve destacar sustentabilidade e jovens

Ouvir /

Ao receber recomendações do painel de figuras eminentes sobre a agenda pós-2015, Secretário-Geral destaca áreas económica, social e ambiental; Assembleia Geral vai fazer circular recomendações pelos Estados-membros.

Crescimento de emprego para jovens.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O Secretário-Geral saudou a atenção dada aos jovens, ao crescimento inclusivo e à criação de empregos pelo relatório do seu Painel de Alto Nível de pessoas eminentes sobre a agenda de desenvolvimento pós-2015.

Ban Ki-moon recebeu o documento, esta quinta-feira, do líder da Indonésia, Susilo Bambang Yudhoyono, na sede das Nações Unidas. Ele preside o grupo ao lado da presidente da Libéria, Ellen Johnson Sirleaf, e do primeiro-ministro britânico, David Cameron.

Tranformação

As recomendações preveem que nos novos objetivos sejam envolvidos grupos excluídos, que o desenvolvimento sustentável esteja no centro das ações e ocorra uma transformação económica pelo emprego e o crescimento inclusivo.

Foi também aconselhado que a nova agenda consolide a paz e instituições eficazes, abertas e responsáveis para todos. O documento sugere ainda uma parceria baseada na compreensão da humanidade, com base no respeito e benefício mútuos.

Como objetivo da nova agenda, o painel propõe que seja erradicada a pobreza extrema até 2030, com respeito aos direitos humanos universais e concluindo os Objetivos de Desenvolvimento do Milénio, ODMs.

Rio + 20

A sustentabilidade deverá estar no topo da nova agenda a ser implementada daqui a três anos, após o prazo de cumprimento dos ODMs cujo foco é o combate à pobreza.

Ban destacou que a sustentabilidade não é apenas uma questão ambiental, mas integra as dimensões económica, social e ambiental do desenvolvimento, como foi acordado na Cimeira Rio+20.

Alicerces

O Secretário-Geral também acolheu o reconhecimento do painel de que a paz, os direitos humanos, o Estado de Direito e a boa governação são os alicerces fundamentais para o desenvolvimento.

Na cerimónia, Ban Ki-moon elogiou o Painel pela abordagem inclusiva e pelas consultas amplas para produzir as recomendações.  Ban passou uma cópia do relatório ao presidente da Assembleia Geral para que possa fazer circular pelos Estados-membros.

JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 26 DE NOVEMBRO DE 2014
JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 26 DE NOVEMBRO DE 2014
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

novembro 2014
S T Q Q S S D
« out    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930