Desemprego entre jovens da América Latina é menor, aponta OIT

Ouvir /

Índice caiu para quase 13% no ano passado, devido ao forte crescimento econômico na região e melhoria das condições sociais e trabalhistas; no Brasil, a proporção de desempregados é de três jovens para cada um adulto.

73,4 milhões sem emprego

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York. 

A taxa de desemprego entre os jovens da América Latina e Caribe caiu de 17,6% em 2003 para 12,9% em 2012. Os dados estão no relatório Tendência Global do Emprego para Jovens 2013, lançado nesta quarta-feira pela Organização Internacional do Trabalho, OIT.

A agência da ONU aponta o forte crescimento econômico da região como o motivo da queda, que levou a uma melhoria das condições sociais e trabalhistas.

Brasil

Mas no médio prazo, a previsão é de que o desemprego entre os jovens latinos aumente. O diretor-adjunto do escritório da OIT em Nova York, Vinícius Pinheiro, falou à Rádio ONU sobre a situação dos jovens brasileiros.

"No caso do Brasil, a situação é semelhante ao resto da América Latina. O Brasil teve em 2012 um índice de 13,7%, que é o menor da série histórica apresentada. Os empregos gerados têm sido de qualidade superior aos anteriores, mas o Brasil ainda continua com um nível de informalidade muito alto. A gente tem um estoque de problema que é bastante elevado e que precisa ser remediado. Investir na qualidade de emprego para os jovens no Brasil é uma prioridade fundamental."

Segundo a OIT, no mundo todo, serão 73,4 milhões de jovens entre 15 e 24 anos sem emprego até o fim deste ano. São 3,5 milhões a mais desde 2007, antes da crise econômica global.

Projeções

As projeções da OIT para os próximos anos não são otimistas: até 2018, o índice de desemprego global entre jovens deve subir para 12,8%. A situação prevalece em economias desenvolvidas e União Europeia, no Oriente Médio e nos países da África do Norte.

A OIT lamenta que muitos jovens estão desistindo de procurar trabalho ou forçados a ser menos seletivos na hora de escolher um emprego. É também cada vez maior o número de jovens que aceita empregos de meio período ou temporários.

Leia também:

Cerca de 30% dos jovens portugueses com ensino superior não têm emprego

 

JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 19 DE SETEMBRO DE 2014
JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 19 DE SETEMBRO DE 2014
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

setembro 2014
S T Q Q S S D
« ago    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930