Unesco condena destruição contínua em Aleppo, na Síria

Ouvir /

Cidade antiga é Patrimônio Mundial da organização desde 1986; área é uma das mais castigadas pelos confrontos entre as tropas do governo e as forças rebeldes.

Irina Bokova

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

 

A diretora-geral da Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura, Unesco, deplorou a contínua destruição de Aleppo, uma das cidades mais importantes da Síria.

Irina Bokova fez a declaração, esta quinta-feira, depois dos confrontos que acabaram destruindo o minarete da Grande Mesquita, construída na região norte da cidade, no século VIII.

Proteção

A diretora-geral lembrou às partes envolvidas sobre as obrigações do país em cumprir com as determinações da Convenção de Haia de 1954. O acordo, do qual a Síria é um dos países signatários, diz respeito à proteção de propriedades culturais em casos de conflitos armados.

Aleppo entrou para a lista de Patrimônio Mundial da Unesco em 1986, em reconhecimento por seus raros e autênticos estilos arquitetônicos árabes. Além disso, segundo a agência da ONU, a cidade é testemunha do desenvolvimento cultural, social e tecnológico da região, desde o período dos mamelucos.

JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 15 DE ABRIL DE 2014
JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 15 DE ABRIL DE 2014
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

abril 2014
S T Q Q S S D
« mar    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930