ONU renova pedidos de acesso à Síria

Ouvir /

Secretário-Geral fez declaração antes de reunião com o chefe da equipe que vai investigar denúncias sobre o uso de armas químicas no país; grupo aguarda somente permissão do governo sírio para iniciar trabalhos.

Ban Ki-moon

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova York.*

A ONU disse que a equipe de especialistas independentes que vai investigar as alegações sobre o uso de armas químicas na Síria, tem feito o possível para recolher e analisar informações enquanto aguarda autorização para entrar no país.

As declarações foram feitas, esta segunda-feira, pelo Secretário-Geral, Ban Ki-moon, antes do primeiro encontro com o líder dos especialistas, Åke Sellström, na sede da organização em Nova York.

Visitas 

Falando a jornalistas, o chefe da ONU destacou que as atividades incluem possíveis visitas a várias regiões, que serão feitas por uma equipe avançada baseada no Chipre.

Ban disse que Åke Sellström e os especialistas continuam prontos para seguir para a Síria num período de 24 a 48 horas. O chefe da ONU manifestou "confiança total" na integridade, na independência e no profissionalismo do grupo.

Segurança Internacional

Ban realçou a experiência de Sellström, nomeado em março para liderar a missão de investigação, como cientista com "sólida experiência e formação em desarmamento e segurança internacional."

O Secretário-Geral disse que o momento é crucial nos esforços para enviar o grupo para que ele possa realizar seu trabalho.

Relatório

Ban comentou que leva a sério o recente relatório dos serviços de inteligência dos Estados Unidos sobre o uso de armas químicas na Síria.

Segundo ele, é essencial que as investigações ocorram no local onde os armamentos poderiam alegadamente ter sido usados para que a ONU seja capaz de estabelecer os fatos e esclarecer quaisquer dúvidas.

O chefe das Nações Unidas voltou a apelar às autoridades sírias para que autorizem o prosseguimento das investigações sem demoras e sem pré-condições.

Mémória

O Secretário-Geral lembrou que a data desta segunda-feira, 29 de abril, marca o Dia da Memória de Todas as Vítimas de Armas Químicas.

Ele pediu às partes envolvidas no conflito sírio que assumam as suas responsabilidade e permitam o policiamento das "armas de destruição em massa."

* Apresentação Edgard Júnior

JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 24 DE OUTUBRO DE 2014
JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 24 DE OUTUBRO DE 2014
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

outubro 2014
S T Q Q S S D
« set    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031