No Dia Mundial do Livro, Unesco destaca benefícios da leitura digital

Ouvir /

Agência ressalta que livros online oferecem acesso ao conhecimento a um preço reduzido e atingindo grandes áreas geográficas; Bangcoc é a Capital Mundial do Livro 2013.

Celebração neste 23 de abril. Foto: Unesco

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York. 

Esta terça-feira, 23 de abril, é o Dia Mundial do Livro e dos Direitos Autorais. A diretora-geral da Unesco, a agência da ONU para Educação, Ciência e Cultura, destaca que os países estão celebrando o poder dos livros em "reunir pessoas e transmitir a cultura dos povos".

Irina Bokova afirma que a data é propícia para se refletir sobre as mudanças do mercado editorial. Para a chefe da Unesco, os "livros digitais oferecem novas oportunidades de acesso ao conhecimento, a preços reduzidos e alcançando grandes áreas geográficas."

Internet x Papel

Bokova lembra, porém, que os livros tradicionais, de papel, ainda têm grande poder: são seguros contra a falsificação, portáteis e resistem ao "teste do tempo". A diretora da Unesco acredita que "todos os tipos de livros contribuem de forma valiosa para a educação e disseminação da cultura e da informação".

A cidade de Bangcoc, na Tailândia, foi escolhida pela Unesco como a "Capital Mundial do Livro 2013", em reconhecimento a seu programa para a promoção da leitura entre jovens de classes menos favorecidas.

Bokova reforça o compromisso da agência com a promoção da diversidade editorial, da proteção da propriedade intelectual e do acesso justo aos livros. Para ela, os livros devem ser muito mais do que um objeto, porque são "a invenção mais bonita para compartilhar ideias que vão além do espaço e do tempo."

 

JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 30 DE JULHO DE 2014
JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 30 DE JULHO DE 2014
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

julho 2014
S T Q Q S S D
« jun    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031