Níger recebe mais de 5,5 mil refugiados da violência no Mali

Ouvir /

Mulheres e crianças tentam escapar a pé ou carregados por burros para o norte do país vizinho; em alguns casos, viagem pode durar até mais de seis horas.

Foto: Acnur/Y.Djigo

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York. 

O Níger, país no centro-oeste da África, está recebendo uma nova leva de refugiados após a onda de violência no vizinho Mali.

Segundo a Organização Internacional para Migrações, OIM, mais de 5,5 mil malineses cruzaram a fronteira desde o último dia 28 para escapar de "represálias do Exército do Mali."

Acampamentos

O motivo da violência são os combates entre tropas do governo interino e rebeldes islâmicos.

A maioria dos refugiados são mulheres e crianças que atravessam a fronteira a pé ou montados em burros. Segundo as vítimas, há mais gente tendo que escapar da violência em direção ao Níger.

A região que abriga os refugiados é deserta. Mentes, por exemplo, fica a 922 km da capital malinesa, Niamei. Em um dos acampamentos, numa cidade mais perto da capital, a água tem que ser tirada de poços artesianos e não é segura para o consumo.

Prisões Arbitrárias

Desde janeiro, mais de 37,5 mil pessoas deixaram o Mali. Ao todo, existem mais de 175 mil refugiados malineses na Argélia, em Burkina Fasso, na Mauritânia e no próprio Níger.

Entre as razões estão a insegurança, confisco de bens, além do medo de prisões arbitrárias, detenções e violações dos direitos humanos.

Nesta semana, o Conselho de Segurança discutiu uma proposta de envio de uma missão de paz ao Mali. Segundo organizações da região, a força poderia contar com mais de 11 mil homens.

JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 21 DE JULHO DE 2014
JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 21 DE JULHO DE 2014
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

julho 2014
S T Q Q S S D
« jun    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031