Nações Unidas suspendem distribuição de comida em Gaza

Ouvir /

Escritório da Unrwa foi invadido nesta quinta-feira e agência acredita que ato foi planejado; mais de 800 mil palestinos são atendidos pelo programa de entrega de alimentos.

Foto: Unrwa

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York. 

A ONU suspendeu, temporariamente, todos os programas de distribuição de alimentos em Gaza, após um de seus escritórios locais ter sido invadido. A Agência de Assistência a Refugiados Palestinos, Unrwa, acredita que o incidente de quinta-feira tenha sido planejado.

Segundo a Unrwa, todos os seus centros de ajuda e distribuição ficarão fechados até que haja a garantia de que suas operações possam seguir sem impedimentos.

Corte de Gastos

Cerca de 800 mil palestinos são beneficiados pelo programa de distribuição de comida da agência. No momento, a Unrwa enfrenta um corte de US$ 67,2 milhões no orçamento e por isso, foi preciso suspender a assistência em dinheiro a alguns beneficiados.

A Unrwa afirma que manifestações contra a medida estão ocorrendo desde a semana passada, o que compromete ainda mais os esforços em fornecer serviços humanitários aos refugiados palestinos em Gaza.

Apelo

O diretor de operações da agência em Gaza, Robert Turner", diz "entender completamente o impacto da decisão de suspender a assistência em dinheiro", mas ressaltou que a invasão do escritório da Unrwa foi "inaceitável e poderia ter deixado pessoas feridas."

A agência apela aos líderes da invasão que parem imediatamente de atrair multidões para manifestações do tipo e que ajam de maneira responsável.

 

JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 29 DE AGOSTO DE 2014
JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 29 DE AGOSTO DE 2014
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

agosto 2014
S T Q Q S S D
« jul    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031