China confirma duas mortes por nova variante do vírus da gripe aviária

Ouvir /

Organização Mundial da Saúde foi notificada pelo governo do país da presença do H7N9; uma terceira pessoa com o vírus está internada em estado grave.

Foto: OMS

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.

A Organização Mundial da Saúde, OMS, foi notificada pelo governo chinês de duas mortes ocorridas no país, após a contaminação pelo vírus influenza A (H7N9), que causa a gripe aviária.

Segundo a OMS, os casos foram confirmados pela Comissão de Saúde e Planejamento Familiar da China, após testes de laboratório. O resultado das análises foi negativo para outros tipos de gripe e também para o coronavírus.

Pneumonia Severa

Uma terceira pessoa também com gripe aviária está internada em estado crítico. Dois casos foram reportados em Xangai e o outro, na província de Anhui, no leste da China.

As vítimas apresentaram infecção respiratória, que evoluiu para pneumonia severa, além de dificuldades para respirar. A doença atingiu as três pessoas entre 19 de fevereiro e 15 de março.

Transmissão

Segundo a OMS, não foi identificada nenhuma ligação entre os três casos, mas uma investigação ainda está em andamento. Estão sendo analisadas ainda a fonte de infecção e o modo de transmissão.

O governo chinês reforçou o trabalho nos laboratórios e o treinamento de profissionais da saúde para a detecção, relatos de pacientes e tratamento.

A OMS afirma que está em contato com as autoridades da China e acompanhando de perto a situação.

 

JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 31 DE JULHO DE 2014
JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 31 DE JULHO DE 2014
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

agosto 2014
S T Q Q S S D
« jul    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031