Brasileiro e mexicano estão na reta final pela liderança da OMC

Ouvir /

Embaixador Roberto Azevêdo disputa a chefia da Organização Mundial do Comércio com o economista mexicano, Herminio Blanco; Indonésia, Coreia do Sul e Nova Zelândia deixaram a corrida nesta sexta-feira.

Sede da Organização Mundial do Comércio. Foto: OMC/Jay Louvion

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.

A Organização Mundial do Comércio, OMC, anunciou, nesta sexta-feira, os nomes dos dois finalistas para a eleição de diretor-geral da agência.

Estão na reta final o embaixador do Brasil Roberto Azevêdo e o economista do México, Herminio Blanco.

Falta de Apoio

Os candidatos indicados pela Indonésia, pela Nova Zelândia e pela Coreia do Sul retiraram seus nomes após a falta de apoio dos países-membros da OMC. No processo de seleção, a agência da ONU pergunta as preferências de todos os representantes, e as respostas são secretas.

As consultas que resultaram na escolha do brasileiro e do mexicano como finalistas foram feitas entre os dias 16 e 24 deste mês.

A última etapa da campanha começa neste 1º de maio.  Ao todo, 158 países irão expressar no máximo duas preferências sobre as candidaturas finais.

O objetivo das consultas é obter consenso na escolha do novo chefe da OMC. O próximo diretor-geral irá substituir o francês Pascal Lamy.

JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 29 DE AGOSTO DE 2014
JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 29 DE AGOSTO DE 2014
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

setembro 2014
S T Q Q S S D
« ago    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930