Ban condena ataques a bomba em Boston

Ouvir /

Secretário-Geral lamentou ações que mataram duas pessoas durante a maratona da cidade; ele expressou condolências às famílias das vítimas e desejou uma rápida recuperação dos feridos.

Ban Ki-moon

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

O Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, condenou os ataques a bomba, esta segunda-feira, durante a corrida da maratona de Boston, que deixou duas pessoas mortas e vários feridos.

Ban criticou, o que chamou de "violência sem sentido que aconteceu num evento para unir as pessoas do mundo inteiro num espírito esportivo e de harmonia."

Condolências

O chefe da ONU expressou condolências às famílias das vítimas e desejou uma rápida recuperação dos feridos.

Ban disse que conforme os detalhes neste caso forem surgindo, ele fará um novo pronunciamento, mas neste momento, quis expressar que seu pensamento está com todos aqueles em Boston.

Explosões

Segundo as agências de notícias, a polícia informou que duas explosões na linha de chegada da maratona de Boston causaram a morte de duas pessoas e deixaram, pelo menos, 90 feridos.

A imprensa disse que os policiais encontraram na área, pelo menos, um outro dispositivo explosivo que foi desativado.

Ainda segundo a mídia, o comissário de polícia de Boston, Ed Davis, disse que a explosão ocorrida na biblioteca presidencial John F. Kennedy foi causada por um problema elétrico.

Segundo o comissário, ela não teve nenhuma relação com as explosões na maratona, como se chegou a pensar inicialmente.

JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 29 DE AGOSTO DE 2014
JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 29 DE AGOSTO DE 2014
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

setembro 2014
S T Q Q S S D
« ago    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930