Ban condena ataque com carro-bomba à Embaixada da França na Líbia

Ouvir /

Pelo menos três pessoas ficaram feridas no local, além de moradores da área; para Secretário-Geral, é "injustificável" que missões diplomáticas sejam alvos deste tipo de ação.

Ban Ki-moon Foto: ONU/Mark Garten

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York. 

O Secretário-Geral da ONU condenou fortemente o ataque contra a embaixada da França em Trípoli, na Líbia, e enviou pêsames às famílias das vítimas.

Para Ban Ki-moon, "ter como alvo missões diplomáticas e seus funcionários é inaceitável e injustificável". Agências de notícias destacam que um carro-bomba explodiu na manhã desta terça-feira, hora local, em frente à Embaixada.

Proteção

O ataque deixou pelo menos dois guardas e uma adolescente seriamente feridos. Moradores da área sofreram escoriações leves.

Ban afirma estar "confiante de que as autoridades líbias tomarão toda ação necessária" para levar os autores do atentado à Justiça.

O chefe da ONU ressalta também a importância de se fornecer proteção adequada para instalações diplomáticas.

Ban Ki-moon pede a todos os líbios que apoiem o governo em estabelecer instituições fortes e seguras no país.

O Secretário-Geral lembrou que as Nações Unidas continuam comprometidas em assistir a Líbia e seu povo no "processo da construção de um Estado democrático".

 

 

JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 01 DE OUTUBRO DE 2014
JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 01 DE OUTUBRO DE 2014
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

outubro 2014
S T Q Q S S D
« set    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031