Assembleia Geral reafirma empenho em apoiar o desenvolvimento de África

Ouvir /

Declaração marca o desfecho do encontro de Alto Nível sobre a Prevenção de Conflitos no continente; Estados-membros homenageam aos fundadores da organização predecessora da União Africana.

Assembleia Geral da ONU

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

Os Estados-membros das Nações Unidas reafirmaram o compromisso de abordar as necessidades de desenvolvimento de África, nesta sexta-feira, na Assembleia Geral.

O órgão debateu a resolução pacífica de conflitos em África num encontro de Alto Nível, realizado um mês antes da comemoração do 50 º aniversário da Organização de Unidade Africana, a predecessora da União Africana.

Valores

No documento final, os países-membros reiteram a crença num futuro próspero para o continente, que "seja totalmente consagrado aos valores humanos da dignidade e da paz."

Os povos, governos e a liderança da União Africana foram felicitados pelas celebrações, que este ano decorrem sob o lema "Pan-africanismo e o Renascimento Africano".

Homenagem

Uma homenagem especial foi prestada à geração de pan-africanistas e fundadores da União Africana, pelos esforços de "promover a unidade, solidariedade, coesão e cooperação" entre os povos do continente.

Após observar que mais de 70% da agenda do Conselho de Segurança é ocupada por questões africanas, os países pediram "esforços redobrados no sentido de resolver pacificamente todos os conflitos e disputas pendentes."

Injustiça Histórica

A declaração reconhece o que chama "injustiça histórica contra a África", tendo em conta a sua representação no Conselho de Segurança. No contexto de reforma do órgão, foi manifestado "apoio expresso ao aumento da representação africana".

Para a paz duradoura e desenvolvimento sustentável,  os países recomendaram que sejam alcançados acordos políticos inclusivos e resolvidos os conflitos, aliados ao aumento da proteção e capacitação.

Acesso à Justiça

A resolução menciona ainda a necessidade de se garantir o acesso à justiça, ao emprego e a melhoria das condições socioeconómicas, associados à transparência e responsabilidade.

No evento, o Secretário-Geral, Ban Ki-moon, disse que a efeméride é um momento de reflexão e de orgulho pelo desempenho considerável do continente.

 

JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 17 DE ABRIL DE 2014
JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 17 DE ABRIL DE 2014
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

abril 2014
S T Q Q S S D
« mar    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930