OIM combate contrabando de seres humanos

Ouvir /

Campanha contra o crime financiou treinamento de agentes de fronteira na região da Ásia-Pacífico; representantes da Interpol, do Unodc e de vários governos se reuniram para debater o assunto.

Foto: Unodc

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

A Organização Internacional para Migrações, OIM, está combatendo o contrabando de seres humanos na região Ásia-Pacífico.

Com o financiamento do Canadá, vários programas da OIM foram implementados para treinar 2,5 mil agentes de fronteira pelos países do continente.

Oportunidades

Segundo o Unodc, o contrabando de seres humanos ocorre quando a pessoa contrabandeada tem conhecimento da operação ilegal e paga pela viagem para um outro país.

Já o tráfico, ocorre sem o consentimento da vítima, que muitas vezes acredita que está embarcando para uma oferta de trabalho ou outras oportunidades no exterior.

Reunião

A reunião desta semana contou com representantes da OIM, da Interpol, do Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime, Unodc e dos governos dos Estados Unidos, Canadá e Austrália. O encontro ocorreu em Hanoi, no Vietnã.

Participaram também ministros das áreas de imigração e segurança pública do Camboja, Indonésia, Laos, Malásia, Tailândia e do próprio Vietnã.

Planos

Eles revisaram os resultados de sete programas da OIM, já implementados, para combater o contrabando humano e compartilharam novos planos de ação.

Segundo a agência da ONU, apesar dos crimes de tráfico humano serem reconhecidos em várias regiões da Ásia, os crimes de contrabando humano são, relativamente novos, para muitas nações.

JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 27 DE AGOSTO DE 2014
JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 27 DE AGOSTO DE 2014
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

agosto 2014
S T Q Q S S D
« jul    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031