Enviado ao Iraque condena onda de ataques em Bagdá

Ouvir /

Martin Kobler, chefe da Missão da ONU no país, lembrou que nada pode justificar crimes hediondos; dezenas de civis morreram.

Martin Kobler

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York. 

O enviado especial das Nações Unidas ao Iraque condenou fortemente, nesta terça-feira, a onda de ataques coordenados na capital do país, Bagdá.

As explosões de carros-bomba e os tiroteios mataram pelo menos 50 civis e feriram 160 pessoas em várias áreas da cidade. Os ataques ocorreram na manhã desta terça-feira, horário iraquiano. 

Hora do Rush

Em comunicado, Martin Kobler destacou que "mais uma vez, pessoas inocentes que seguiam com suas vidas foram violentamente atacadas" e que "nada pode justificar tais crimes hediondos".

Kobler é representante do Secretário-Geral e também chefe da Missão de Assistência da ONU para o Iraque, Unami.

De acordo com agências de notícias, carros-bomba foram usados na maioria das ações e tinham como alvos pequenos restaurantes, agremiações de trabalhadores e pontos de ônibus, durante a hora do rush.

Uma base policial ao sul de Bagdá também foi atingida por um homem-bomba que dirigia um caminhão.

Martin Kobler envios os pêsames às famílias das vítimas e desejou que os feridos se recuperem logo.

 

 

JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 17 DE ABRIL DE 2014
JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 17 DE ABRIL DE 2014
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

abril 2014
S T Q Q S S D
« mar    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930