Ban elogia proposta de cessar-fogo do PKK na Turquia

Ouvir /

Líder do Partido dos Trabalhadores do Curdistão, Abdullah Ocalan, teria enviado mensagem aos militantes sugerindo trégua após anos de conflito separatista.

Ban Ki-moon

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.

O Secretário-Geral da ONU emitiu uma nota elogiando a decisão sobre um cessar-fogo anunciada pelo Partido dos Trabalhadores do Curdistão, PKK, na Turquia.

Segundo agências de notícia, o pedido de trégua partiu do líder do movimento separatista, Abdullah Ocalan, que está preso há 14 anos, após ser condenado à prisão perpétua, por traição.

Passo Positivo

Ban Ki-moon saudou ainda a decisão do PKK de retirar suas forças do território turco, classificando a mesma de "um passo positivo para o fim do conflito."

Ele disse que a decisão deve ser implementada, inteiramente, para levar a um acordo de paz duradouro.

O anúncio do cessar-fogo foi lido durante as comemorações do Ano Novo curdo.  De acordo com agências, dezenas de milhares de pessoas teriam morrido durante os 30 anos do conflito separatista. O PKK luta por um território independente do Curdistão, no sudeste da Turquia.

JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 18 DE DEZEMBRO DE 2014
JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 18 DE DEZEMBRO DE 2014
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2014
S T Q Q S S D
« nov    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031