Unodc debate tráfico mundial de remédios falsificados

Ouvir /

Agência da ONU afirma que crime organizado ameaça segurança pública; fraude atinge 30% do mercado da América Latina, Ásia e África.

Combate ao tráfico ilegal de remédios falsificados

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

O Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime, Unodc, iniciou esta quinta-feira, conferência de alto nível para debater o tráfico ilegal de remédios falsificados.

Segundo a agência da ONU, essa forma de crime organizado ameaça a segurança pública mundial.

América Latina

O Unodc afirmou que o comércio de medicamentos falsos chega a 30% em partes da América Latina, Ásia e África, num negócio avaliado em bilhões de dólares.

O escritório da ONU disse que já ficou provado que os remédios falsificados causam danos à saúde e podem até matar, em alguns casos. O Unodc alerta também que essa atividade ilegal se tornou bastante lucrativa para as redes do crime organizado.

Conferência

A conferência reúne governos, organizações internacionais, ONGs e representantes da sociedade civil para discutir formas de se combater a produção, distribuição e o tráfico dos remédios falsos.

O diretor-executivo do Unodc, Yury Fedotov, afirmou que os medicamentos falsificados representam uma dificuldade particular e que a reunião é uma oportunidade para que todos troquem informações sobre como combater esse crime.

JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 29 DE AGOSTO DE 2014
JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 29 DE AGOSTO DE 2014
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

agosto 2014
S T Q Q S S D
« jul    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031