Relator destaca paz e segurança para melhorar direitos humanos no Sudão

Ouvir /

Após visitar o país, especialista da ONU defende que casos de crimes em Darfur são julgados em tribunais onde é proibida a entrada de peritos de direitos humanos.

Civis no Sudão. Foto: Acnur

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova Iorque.*

O perito independente da ONU, Mashood Adebayo Baderin, referiu que a paz e a segurança são pré requisitos para garantir a melhoria na situação dos direitos humanos no Sudão.

Em nota, publicada em Genebra, o representante indica alguns avanços, apontando para desafios em setores como justiça, reforma das leis e ratificação dos tratados internacionais sobre a matéria.

Proibição

Nas recomendações preliminares, o especialista pede ao governo sudanês que implemente as recomendações feitas pelo Conselho dos Direitos Humanos para o país em 2013.

Baderin demonstrou preocupação com os crimes relacionados aos conflitos em Darfur. Segundo referiu, os julgamentos de casos relacionados à região sudanesa, ocorrem em tribunais onde é proibida a entrada de peritos em direitos humanos.

Líderes

O especialista refere que forças de segurança reprimem organizações da sociedade civil na capital sudanesa, Cartum. Um apelo foi lançado às autoridades com vista à libertação de líderes políticos da oposição.

O relator manteve encontros com autoridades do governo, diplomatas, artistas e representantes de agências da ONU, a serem seguidos de um relatório que deve ser apresentado ao Conselho dos Direitos Humanos, em Setembro.

*Apresentação: Eleutério Guevane.

JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 21 DE AGOSTO DE 2014
JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 21 DE AGOSTO DE 2014
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

agosto 2014
S T Q Q S S D
« jul    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031