Mais da metade dos países estão despreparados para combater o câncer

Ouvir /

Segundo OMS, nações não têm plano de controle, que inclui detecção precoce, tratamento e cuidados; Dia Mundial do Câncer é nesta segunda-feira.

Crianças em tratamento para o câncer na Ásia. Foto: Aiea

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York. 

Mais da metade dos países em todo o mundo estão lutando para prevenir o câncer e fornecer tratamento para os pacientes, alerta a Organização Mundial da Saúde, OMS.

Segundo a agência, falta nessas nações um plano de controle, que inclui prevenção, detecção precoce, tratamento e cuidados. No Dia Mundial do Câncer, nesta segunda-feira, a OMS destaca ser urgente ajudar a reduzir as mortes por câncer e fornecer tratamento adequado de longo prazo.

Mortes

O câncer é uma das principais causas de morte no mundo: foram 7,6 milhões de vidas perdidas pela doença em 2008. Todos os anos, são registrados quase 13 milhões de novos casos. A OMS afirma que dois terços dos casos e das mortes ocorrem em países em desenvolvimento.

A agência lembra que o tabaco, a obesidade, o uso exagerado de bebidas alcoólicas e as infecções aumentam os riscos de morte para pacientes com câncer. Mas se detectados cedo, casos de câncer de mama, do reto ou cervical podem ser curados com sucesso.

Mitos

Apenas 17% dos países africanos e 27% dos países de baixa renda têm planos de controle e dinheiro suficiente para prevenir a doença. Neste ano, a campanha do Dia Mundial do Câncer foca em melhorar os conhecimentos e acabar com os mitos sobre a doença.

De Washington, o consultor de Comunicação da Organização Pan-Americana da Saúde, Opas, Ary Silva, falou à Rádio ONU sobre o tema.

"O tema deste ano é 'Câncer: Você Sabia?', que pretende mostrar para as pessoas que é realmente um problema muito sério, que as pessoas têm de estar sempre pensando nas formas mais básicas de evitar e também a qualquer sintoma, procurar um médico. Os mitos geralmente dizem que o câncer só dá em ricos ou em países desenvolvidos. Hoje em dia a gente já sabe que é uma epidemia global, que afeta todos os grupos de idade e socioeconômicos. Mas por outro lado, é possível prevenir até 30% desses casos com as estratégias adequadas." 

Mulheres

Segundo a OMS, menos de 50% dos países tem registros sobre o câncer. O cadastro é crucial para obter informações de alta qualidade sobre o total de casos e tipos de câncer, para que políticas nacionais eficazes possam ser implementadas.

Entre terça e quinta-feira, a Opas realiza na capital americana, Washington, a primeira reunião da Iniciativa do Câncer na Mulher. No encontro, será debatida a prevenção e controle do câncer cervical, de útero e de mama nos países do continente americano.

JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 24 DE OUTUBRO DE 2014
JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 24 DE OUTUBRO DE 2014
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

outubro 2014
S T Q Q S S D
« set    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031