Ban condena ataques que mataram 16 e feriram mais de 100 na Índia

Ouvir /

Secretário-Geral emitiu nota de pesar às famílias das vítimas, ao governo e povo indianos; bombas teriam sido colocadas em bicicletas perto de mercado de frutas.

Ban Ki-moon

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.*

As Nações Unidas condenaram os ataques a bomba na cidade de Hyderabad, na Índia. Os atentados mataram pelo menos 16 pessoas e feriram mais de 100.

Em nota, o Secretário-Geral condenou "com veemência" o que chamou de ataques indiscriminados a civis indianos. Ele enviou ainda uma nota de pesar às famílias da vítimas, ao governo e povo do país.

Multidão

De acordo com agências de notícias, o ministro indiano do Interior, Sushil Kumar Shinde visitou os locais das explosões nesta sexta-feira.

Segundo a mídia indiana, as bombas teriam sido colocadas em bicicletas perto de um mercado de frutas.

Na hora dos ataques, o mercado estava lotado. A polícia tentou dispersar a multidão assim que chegou ao local da explosão.

Segundo agências de notícias estes foram os primeiros ataques a bomba à cidade desde 2007, quando atentados simultâneos mataram 40 pessoas.

A polícia indiana está investigando o caso e a possibilidade de envolvimento de extremistas islâmicos com as explosões.

*Apresentação Edgard Júnior

JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 01 DE AGOSTO DE 2014
JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 01 DE AGOSTO DE 2014
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

agosto 2014
S T Q Q S S D
« jul    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031