ONU reafirma empenho para ultrapassar impasse na Guiné-Bissau

Ouvir /

Secretário-Geral manifesta satisfação com avanços dos esforços para solução da crise; em Adis-Abeba Ban Ki-moon manteve reuniões bilaterais com presidentes e chefes de governo de nações africanas.

Ban Ki-moon

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova Iorque.     

O Secretário-Geral da ONU destacou a continuação do trabalho conjunto de várias entidades para o retorno da ordem constitucional na Guiné-Bissau.

Falando na capital etíope, Adis-Abeba, Ban Ki-moon manifestou satisfação com os avanços nos esforços para solucionar a situação no país, que sofreu um golpe de Estado militar em Abril do ano passado. Actualmente, a Guiné-Bissau é administrada por um governo de transição.

Esforços

A ONU está envolvida nos esforços de paz para resolver o impasse ao lado da União Africana, da Comunidade Econômica dos Estados da África Ocidental, Cedeao, e da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa, Cplp.

Para o Secretário-Geral, África está num momento de crescimento, tendo elogiado o progresso nos setores de desenvolvimento, boa governação e direitos humanos.

Presidentes

Vários líderes do continente foram enaltecidos pelas ações com vista a "melhorar as condições de vida da população de todo o continente." Ban afirmou que manteve boas reuniões bilaterais com chefes de Estado e de governo.

Na agenda, estavam o combate à malária, a saúde maternoinfantil e os avanços conquistados em relação ao HIV/Sida no continente.

Nova Iniciativa

Uma iniciativa para ajudar no treinamento de um milhão de trabalhadores comunitários de saúde até 2015 foi lançada esta semana. O objetivo é acelerar o progresso para alcançar as Metas de Desenvolvimento do Milénio.

Mas Ban falou também sobre o problema da violência sexual contra mulheres em conflitos, acerca do qual considerou que o silêncio em torno do tema deve acabar.

Avanços

Ban Ki-moon reuniu-se com aproximadamente 20 líderes durante a conferência, e disse ter deixado claro que a ONU está comprometida em ajudar na assinatura de um acordo político para a República Democrática do Congo.

Em relação ao Mali, Ban reafirmou a determinação das Nações Unidas em apoiar a população. Para o Secretário-Geral, a ação decisiva do governo francês, junto do governo maliano e das forças africanas, resultou em avanços significativos para restaurar a integridade do território do Mali. 

Diferenças

No caso do Sudão e do Sudão do Sul, o Secretário-Geral da ONU elogiou as autoridades dos dois países pelos "passos positivos para resolver as diferenças."  Ban declarou que a implementação dos acordos é de importância vital.

Na Somália, o chefe da ONU afirmou ter sido aberto  um espaço para a paz após as milíciaa Al-Shabaab terem perdido o controlo de várias áreas com destaque para Kismaayo.

Ban Ki-moon anunciou que vai propor ao Conselho de Segurança a criação de uma nova presença da ONU na Somália, como parte dos esforços para fortalecer a parceria da organização com a União Africana.

JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 21 DE AGOSTO DE 2014
JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 21 DE AGOSTO DE 2014
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

agosto 2014
S T Q Q S S D
« jul    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031