ONU diz que 4 milhões de pessoas precisam de ajuda humanitária na Síria

Ouvir /

Ocha afirmou que o inverno rigoroso piorou a situação para os que vivem nos abrigos em condições inadequadas; falta de combustível e eletricidade dificulta serviço de aquecimento.

Foto: Acnur

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

A ONU afirmou que quatro milhões de pessoas na Síria, quase um de cada cinco habitantes do país, necessitam de ajuda humanitária.

Segundo o Escritório das Nações Unidas de Assistência Humanitária, Ocha, o inverno rigoroso deste ano está piorando a situação dos que vivem em abrigos de emergência e em condições inadequadas.

Eletricidade

A falta de eletricidade e combustível dificulta o serviço de aquecimento para a população, em geral.

Para as autoridades, o maior desafio no momento é a falta de combustível. Como os geradores necessitam de diesel para funcionar, a prioridade é enviar o produto, primeiro, para hospitais, escolas e padarias.

Alimentos

O Ocha afirmou que 3 milhões de sírios estão sob risco de insegurança alimentar. Os últimos dados sobre o país mostraram que 2,5 milhões de pessoas precisam receber alimentos.

A produção de grãos na Síria caiu 63% em 2012. Muitos agricultores não puderam plantar suas colheitas por causa da insegurança na região.

Resposta

O Programa Mundial de Alimentos, PMA, continua fornecendo comida para 1,5 milhão de pessoas. Neste mês, a agência da ONU selecionou 44 parceiros que vão ajudar a entregar alimentos a 2,5 milhões de necessitados.

A Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação, FAO, com a cooperação do Ministério da Agricultura sírio, continua fornecendo assistência a 165 mil pessoas no país.

JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 31 DE JULHO DE 2014
JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 31 DE JULHO DE 2014
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

agosto 2014
S T Q Q S S D
« jul    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031