ONU comenta futuro uso de aviões não-tripulados em missão

Ouvir /

Porta-voz do Secretário-Geral explicou a jornalistas que tema ainda está sendo analisado, e que aeronaves teriam como objetivo apenas monitorar ações de grupos armados no leste da República Democrática do Congo.

Boinas azuis da Monusco

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova York.*

 

As Nações Unidas informaram que estão analisando formas de proteger civis em sua missão de paz na República Democrática do Congo através de aviões  não-tripulados conhecidos como "drone."

 

O comentário foi feito, nesta quarta-feira, pelo porta-voz do Secretário-Geral, Martin Nesirky, em resposta a pergunta de um jornalista, em Nova York.

 

Uso Experimental

 

De acordo com o porta-voz, as aeronaves não-tripuladas não seriam armadas. Elas iriam ajudar a proteger os civis ao identificar posições de grupos rebeldes. Segundo Nesirky, a possibilidade ou o momento do uso experimental ocorrerão com base em procedimentos e consultas com órgãos legislativos.

 

O porta-voz contou que o assunto foi mencionado numa carta ao presidente do Conselho de Segurança, em 27 de setembro, como parte dos meios adicionais e recursos para reforçar o cumprimento do mandato da missão da ONU no país africano.

A organização defende que a utlização da aeronave será feita "apenas em cooperação com o governo congolês."

 

Nesirky lembrou ainda que o uso de aviões não-tripulados só poderá começar após um mandado dos Estados-membros para equipar a missão com este tipo de recurso.

 

 *Apresentação: Mônica Villela Grayley.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 25 DE NOVEMBRO DE 2014
JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 25 DE NOVEMBRO DE 2014
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

novembro 2014
S T Q Q S S D
« out    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930