Enviado especial vê pequenos progressos para solução política na Síria

Ouvir /

Lakhdar Brahimi foi ouvido na tarde desta terça-feira pelo Conselho de Segurança; ele destacou porém, que país está sendo destruído aos poucos.

Lakhdar Brahimi

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York. 

O Conselho de Segurança ouviu na tarde desta terça-feira o informe do enviado especial da ONU e da Liga Árabe para a Síria. Após o encontro fechado, Lakhdar Brahimi conversou com jornalistas na sede da organização, em Nova York.

O enviado especial disse que está notando pequenos progressos tanto por parte do governo sírio e da oposição e rebeldes. Brahimi notou que os dois lados começam a citar a possibilidade de uma solução política para o confronto, mas ele ressaltou a necessidade de fazer mais pressão.

Situação Humanitária

O impasse já dura quase dois anos e segundo a ONU, pelo menos 60 mil pessoas morreram e 670 mil estão deslocadas na Síria ou fugiram para países vizinhos.

Lakhdar Brahimi ressaltou que pouco a pouco, o país está sendo destruído e que a região está numa situação extremamente ruim e importante para o mundo inteiro. Ele pediu mais unidade no Conselho de Segurança.

O enviado especial deixou claro que não irá se aposentar e ficará no cargo até sentir que pode ser útil em ajudar a resolver a difícil situação.

A crise síria também foi o foco do encontro do Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, com o Secretário-Geral da Liga Árabe, Nabil Elaraby. Durante a reunião nesta terça-feira, no Kuwait, os dois líderes enfatizaram a necessidade de um fim imediato ao sofrimento do povo sírio.

Os dois já estão na capital, a Cidade do Kuwait, que recebe nesta quarta-feira a Conferência Humanitária de Doadores para a Síria.

 

 

 

JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 22 DE AGOSTO DE 2014
JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 22 DE AGOSTO DE 2014
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

agosto 2014
S T Q Q S S D
« jul    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031