Coordenador humanitário da ONU preocupado com situação na Cisjordânia

Ouvir /

James W. Rawley alertou para o aumento de mortes causadas pelo uso de balas reais pelas tropas israelenses nos territórios ocupados.

Nablus, Cisjordânia Foto: Kobi Wolf/Irin

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

O coordenador humanitário das Nações Unidas, James W. Rawley, disse estar seriamente preocupado com a situação na Cisjordânia.

Em comunicado, divulgado esta quarta-feira, Rawley alertou para o aumento do número de mortes de palestinos causadas pelo uso de balas reais pelas tropas israelenses.

Vítimas

Segundo Rawley, oito civis palestinos, incluindo três menores de idade e uma mulher, foram mortos em vários incidentes na Cisjordânia, desde novembro do ano passado.

No comunicado, o coordenador humanitário diz que as autoridades israelenses abriram investigações para apurar alguns dos incidentes.

Direito

Rawley afirmou que o direito a manifestações pacíficas deve ser respeitado e que todos os protestos devem ocorrer sem qualquer tipo de violência.

Ele apelou aos dois lados que usem o máximo de contenção para evitar mais mortes de civis.

Força

O coordenador humanitário disse ainda que o uso de balas reais contra civis pode significar uso excessivo de força e essas ocorrências devem ser investigadas de forma independente e imparcial.

Rawley declarou que os responsáveis por estas ações devem responder pelos seus atos.

JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 17 DE ABRIL DE 2014
JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 17 DE ABRIL DE 2014
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

abril 2014
S T Q Q S S D
« mar    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930