Anunciados fundos para estratégia contra mudanças climáticas em Moçambique

Ouvir /

Banco Mundial diz que intervenção é a primeira do género num país da África Subsaariana; estima-se que 14% da população do países foi exposta a eventos climáticos extremos nas últimas três décadas.

Foto: PMA

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O Banco Mundial anunciou a concessão de um financiamento de US$ 50 milhões para apoiar a implementação da estratégia sobre mudanças climáticas em Moçambique.

De acordo com o órgão, o objetivo é incentivar ações de planeamento com vista a resistência às alterações e ao desenvolvimento de setores económicos como agricultura, energia, saúde, alimentação e transporte.

Cheias

A instituição refere que choques climáticos, como cheias, secas e erosão ocorridos nos últimos 30 anos expuseram 14% da população a eventos extremos. Nos últimos dias, o país lida com cheias que afetam mais de 50 mil pessoas e  destruíram cerca de 3 mil casas.

O órgão refere que sua a intervenção na política de desenvolvimento contra as mudanças climáticas em Moçambique é a primeira do género num país da África Subsaariana.

Paralelamente ao montante, foram aprovados US$ 37 milhões para projetos comunitários de apoio à nutrição. O órgão pretende, igualmente, impulsionar  a escala de intervenções de alto impacto na nutrição para beneficiar mais de um milhão de moçambicanos.

JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 19 DE SETEMBRO DE 2014
JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 19 DE SETEMBRO DE 2014
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

setembro 2014
S T Q Q S S D
« ago    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930